Novas operações no arrendamento de escritórios caiu 15% até Abril - Imobusiness

Skip links

Novas operações no arrendamento de escritórios caiu 15% até Abril

As novas operações no mercado de arrendamento de escritórios em Lisboa caíram 15% entre janeiro e abril, em comparação com o mesmo período de 2018.

Segundo a consultora imobiliária Savills, em abril a queda foi de 50% mas há que ter em conta que, no ano passado, houve a colocação, no mês em causa, de oito mil metros quadrados numa única operação que inflacionou o valor do período comparativo. E que no panorama atual é muito difícil conseguir realizar transações com esta dimensão.
Apesar da dimensão dessa operação, o volume de operações baixou de 24, em abril de 2018, para 12 este ano. No total foram colocados 10.887 metros quadrados de escritórios para arrendamento na capital lisboeta.
Por setores, são as atividades de “Serviços Empresas” e “TMT & Utilities” que mais têm impulsionado a procura, tendo ocupado 5.415 metros quadrados e 2.356 metros quadrados, respetivamente. Segundo a consultora, estes números provam que continuam a ser os principais dinamizadores do mercado de escritórios de Lisboa.
A Savills destaca ainda que a maior parte dos negócios realizaram-se nas zonas correspondentes ao Eixo A5 até Porto Salvo e Alfragide e a toda a área de Lisboa, que não está incluída nas outras zonas. As duas zonas representaram 71% do total da área colocada.