Merlin Properties avança com as obras do primeiro armazém da Plataforma Logística Lisboa Norte - Imobusiness

Skip links

Merlin Properties avança com as obras do primeiro armazém da Plataforma Logística Lisboa Norte

Com base no interesse já manifestado por empresas, a imobiliária espanhola antecipa que, depois da conclusão, o projeto poderá atrair um investimento de 147 milhões de euros.

A Merlin Properties, empresa imobiliária espanhola, já iniciou as obras do primeiro armazém da Plataforma Logística Lisboa Norte (PLLN), um projeto que depois de concluído vai atrair um investimento total de 147 milhões de euros.

Em comunicado, a Merlin Properties garante que este hub logístico, situado no eixo Lisboa-Porto, em Castanheira do Ribatejo, já conquistou o interesse de várias empresas que querem instalar-se neste espaço. A plataforma conta com um total de 225 mil metros quadrados de armazéns. De acordo com a imobiliária, será o único empreendimento deste tipo que se está a desenvolver em Portugal.

No mesmo documento a empresa antecipa que as obras do primeiro armazém, com cerca de 45 mil metros quadrados de área locável, estarão concluídas no início de 2021.

Concluídas as obras deste armazém, a Merlin Properties assume que irá avançar com a construção dos restantes, à medida que a procura o justificar.

Como pontos positivos para atrair a instalação de empresas, a Merlin Properties lembra que a PLLN situa-se a 25 km de Lisboa, no cruzamento dos principais eixos logísticos. O projeto conta com “excelentes acessos tanto por via aérea, terrestre ou marítima, o que a converte na localização ideal para desenvolvimento da atividade logística”. A proximidade da estação de comboios de Castanheira do Ribatejo é outro dos trunfos que irá facilitar o acesso às instalações aos colaboradores das empresas.

A imobiliária reafirma, no mesmo documento, a aposta em reforçar os negócios em Portugal, isto depois de ter sido admitida na Bolsa de Lisboa, no início de janeiro. Merlin Properties continua a sua aposta em ampliar o seu negócio em Portugal e aumentar a sua visibilidade. “Uma vez finalizados e entregues os armazéns, a empresa aumentará as receitas provenientes de locações em Portugal e consolidará a sua presença no mercado logístico nacional, tornando-se um dos principais ‘players’, com uma estratégia de investimento a longo prazo”, realça a Merlin.

A empresa tem em curso o ‘Plan Best III’, onde prevê desenvolver novos espaços logísticos que vão acrescentar 500 mil metros quadrados ao atual portfólio. Depois de concluir todos os projetos em carteira, a Merlin assume que passará a deter cerca de 3.000.000 metros quadrados de área locável (incluindo a Zona de Atividades Logísticas do Porto de Barcelona), e será a maior proprietária de espaços logísticos da Península Ibérica.

Citado no comunicado, o responsável da Merlin Properties em Portugal, João Cristina, salienta que “com Lisboa Norte marcamos a diferença no mercado logístico português, tradicionalmente atomizado, em benefício de uma maior concentração de metros quadrados disponíveis adaptados a todas as necessidades dos operadores atuais”. “Trata-se de um empreendimento sem precedentes no mercado português, que oferece a oportunidade para criar projetos chave-na-mão para as principais empresas de e-commerce e operadores nacionais e internacionais”, realça ainda João Cristina.